Total de visualizações de página

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Portaria 387/2008 Do DNPM é SUSPENSA

O Excelentíssimo Sr Juiz Alexandre Vidigal de Oliveira, da 20º Vara Federal de Brasília/DF, no Processo de Número 2009.34.00.030500-7 DEFERIU hoje , dia 18/09/2009, o pedido de TUTELA ANTECIPADA da Portaria de Número 387/2008 do DNPM, em favor da ADAM-RS (Associação dos Distribuidores de água Mineral do Rio Grande do Sul), impetrada pelo Compententissimo Advogado Sr. Iotar Nunes Teixeira em nome da ADAMRS e das Fontes, sito: Fontes de Belém, Itati, Elan, Itacolomi, Santo Anjo, Boca da Serra, Vida leve ,do Campo Branco e Liquid Gold.


Isso quer dizer que:
Fica SUSPENSA a vigência da referida portaria e seus efeitos tornando ilegal qualquer fiscalização nela baseada até o final do PROCESSO.
Observação:
A SUSPENSÃO SÓ TEM VALIDADE AOS SÓCIOS DA ADAM-RS, CONFORME PUBLICOU EM SUA DECISÃO O REFERIDO JUIZ.
------------------------------------

Este é um exemplo de que unidos podemos mais, e a união da ADAM-RS com as Fontes de água mineral foi fundamental para obtermos esta vitória contra uma portaria autoritária, que foi publicada sem o consenso de todos.

6 comentários:

rubiadornelles disse...

Parabéns..... à todos e principalmente ao Leandro que se engajou neste processo.. "Sirvam nossas façanhas de modelo...."
Abraços

isdb23 disse...

É bom o consumidor lembrar bem o nome destas marcas acima para nunca mais comprá-las pois só buscam o benefício próprio que é o lucro sem visar a saúde de seus clientes. Buscam a Justiça para se resguardar do cumprimento de sua obrigações mínimas em detrimento ao consumidor.Façanhas sim de inescrupulosas empresas.

Anônimo disse...

Em resposta a esta postagem digo que não tens conhecimento da matéria para fazer tal afirmação, uma vez que as empresas buscaram exatamento isso, o resguardo do cliente, em detrimento do lucro de fabricantes de garrafões . A Associação busca proteger o consumidor final, trazendo a ele produtos de qualidade. A sociedade não pode ter que pagar mais esta conta, que sem dúvida as distribuidoras teriam que repassar, Prabéns a Associação por proteger o Cliente e garantir a qualidade de seus produtos.
Antonio Carlos

Anônimo disse...

Parece claro que o DNPM está causando uma grande confusão no consumidor.O consumidor foi informado que o garrafão após 03 anos de uso perde sua validade, e essa afirmação é falsa.
O DNPM agiu e está agindo de forma equivocada, e provocando enormes prejuízos ao consumidor e as empresas de água mineral. Parabens a ADAM-RS que luta para reestabeler a VERDADE.

Santa Barbara Bebidas & Alimentos disse...

Parabéns a Diretoria que se empenhou na solução desta questão!
Precisamos nos unir cada vez mais para termos força.

Leandro disse...

Pessoal , Obrigado a todos os cometários de apoio , continuaremos sempre buscando a verdade e levando informações precisas a todos os sócios.

Leandro Greff